segunda-feira, 25 de julho de 2011

Homens Invisíveis



A invisibilidade social é o tipo de preconceito mais praticado em nosso país, pois muitos acreditam que a condição de seus semelhantes não é culpa sua e que por vivermos em uma sociedade capitalista, cada um tem que buscar o seu (esse tipo de sentimento individualista é muito comum em nossa sociedade). Esse tipo de preconceito não está ligado apenas a condição financeira, mas também condições culturais e estéticas.

Hoje no Brasil existe entorno de 1,8 milhões de moradores de rua, um numero equivalente a 4,5 vezes o numero da população de Porto Velho, é o nível de nossa sociedade que mais sofre pela invisibilidade social, pois a sociedade se acostumou em ver milhares de pessoas pelas calçadas e diretamente são associadas a vagabundos e ladrões, uma tremenda injustiça, pois o abandono de nosso poder publico é o principal causador desses fantasmas, seja pela péssima educação oferecida pelo estado ou pela falta de oportunidade de trabalho. A pobreza não é a falta de dinheiro ou viver em condições de miséria, a pobreza é a falta de oportunidade de sair da condição de miserável, onde muitas vezes alguns trabalham apenas para poderem se alimentar.
A invisibilidade não atinge apenas os moradores de rua, mas também garis, prostitutas, trabalhadores do campo, drogados, portadores de necessidades especiais, homossexuais, detentos, etc.




O fator cultural causador da invisibilidade social se inicia na nossa infância, dentro de casa, onde aprendemos a ser egoístas e individualistas através dos ensinamentos de nossos pais, para que possamos sobreviver e para que não ultrapassemos a fronteira da invisibilidade, mas não nos é ensinado como acabar com essa “sociedade marginal”, tornando todos iguais. A condição de um homem invisível está ligado diretamente a nossa postura diante da sociedade, o principal motivo é desprezar o maior poder político que um cidadão pode exercer, o voto. Conversando com um amigo ouvi a seguinte frase: “eu sempre anulo meu voto, pois não vejo mudança nenhuma em minha vida”, entendo a indignação de um cidadão que pensa dessa forma, mas não podemos esquecer que não elegemos um deputado ou vereador para que atenda exclusivamente nossos problemas individuais, mas sim o coletivo, principalmente quem mais precisa, os invisíveis. Sem cobrar seus direitos também nada ira mudar, entenda que o seu problema nunca vai ter a mesma importância para outras pessoas, assim foi pela criação do ECA (Estatuto da criança e do adolescente), onde ocorreu uma marcha de milhares de pessoas do Rio Grande do Sul a Brasília, e assim com um grande apelo popular, o ECA foi elaborado.

A aparência é fundamental para a inserção do individuo no mercado de trabalho, não só a aparência física, mas também a qualidade do vestuário. Hoje em dia vale mais você aparentar ter do que você realmente ter.

A invisibilidade social gera sentimentos de desprezo, humilhação e alto grau de depressão. Em alguns casos indivíduos marginalizados pela invisibilidade social entram para criminalidade, pois acredita que a sociedade deve pagar por ser tratado com tanta indiferença e acaba cometendo pequenos delitos a crimes hediondos.






O que é muito comum é a a organização desses grupos e formação associações ou ONGs que buscam defender os direito do excluídos pela sociedade como o MST que busca defender a reforma agrária e CUFA Central Única de Favelas que busca melhorar a qualidade de vida de jovens moradores de favelas do Rio de Janeiro. Dentro dos presídios brasileiros, algumas organizações também se formaram como o CV (Comando Vermelho) criado dentro de um presídio no Rio de Janeiro na junção de assaltantes de banco com presos políticos da ditadura militar, e o PCC (Primeiro Comando da Capital) formado na cidade de São Paulo.

Uma forma de acabarmos com a invisibilidade social é não se acostumando com a situação de moradores de rua, miseráveis, presidiários, etc. Devemos sempre nos indignar com a miséria alheia, dificuldade do próximo e principalmente tratá-los como iguais, mostrando que estamos todos juntos e muitas vezes com um bom dia, boa tarde ou boa noite, você consegue alegrar uma pessoa.

Pratique a caridade e não descrimine ninguém, um dia você pode estar na situação dele.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Brasil e suas marchas

O Brasil já passou por tempos tenebrosos na época da ditadura militar onde a maioria dos estudantes eram vistos como potenciais terroristas revolucionários, mas depois de muita luta, mortes e desaparecimentos misteriosos, conseguimos a democracia, a liberdade de defender nossos direitos e sermos tratados “dignamente” .Hoje a sociedade aproveita pra defender seus direitos através de marchas (a nova febre do momento).


Marcha da Maconha
A marcha da maconha foi criada por alguns maconheiros que acreditam que a legalização do “cigarrinho de artista” diminuirá a criminalidade e criará mais empregos. Claro que esse pensamento é totalmente egoísta e busca apenas beneficiar um grupo que apenas quer fazer a cabeça sem se preocupar com as duras da polícia. Acredito que a legalização vai gerar muitos empregos com traficantes atuais se tornando grandes empresários, mas o trafico sempre vai existir, uma prova disso é o trafico de cigarros paraguaios que geram milhões de prejuízo aos cofres públicos. Os crimes de roubo e furtos para que possam comprar sua maconha, ainda vão existir, sem contar com a saúde pública que deverá ser reestruturada, se o estado não consegue dar conta hoje da saúde, imagine com milhares de viciados?


Marcha das Vadias
A marcha das vadias (nem preciso dizer que tipo de gente criou) defende a idéia de que a mulher tenha todo direito de fazer o que quiser com o seu corpo, mas a principal idéia defendida é a legalização do aborto. Em uma gravidez a vida principal é da criança e não inverso como muita gente pensa, a criança não é uma extensão do corpo da mulher. Então antes de querer dar sem responsabilidade pra depois querer acabar com uma vida, escute meu conselho.


USA CAMISINHA, VADIA!


Se você não quer ser tratada como um pedaço de carne, então não se comporte como tal e se valorize.


“Mas eu sinto que o maior destruidor da paz hoje é o aborto, porque
é uma guerra contra a criança - um assassinato direto da criança inocente -
assassinato pela própria mãe. E se nós aceitamos que uma mãe pode matar
até mesmo sua própria criança, como nós podemos dizer para outras pessoas
que não matem uns aos outros?..."
(Madre Teresa de Calcutá)





Marcha do orgulho gay
A parada do orgulho gay formado pelo movimento LGBTTIS, que significa: Lésbicas, Gaúchos, Bissexuais, Transgéneros, Transexuais, Intersexuais e Simpatizantes, mobilizou entorno de 1,5 milhões de pessoas na cidade de São Paulo e é a maior do mundo, enquanto a marcha para Jesus deu entorno de 1,15 milhões de pessoas (se Jesus fosse gay, ele teria muito mais fieis).


Todos esses movimentos mostram o quanto a sociedade busca seus direitos, agora imagina se todo esses cidadãos formassem marchas pela saúde, educação, segurança, saneamento básico, etc. infelizmente isso não acontece porque só defendemos o que nos interessa, só o que achamos benefícios diretos.



Vamos juntar todos os maconheiros, vadias e viados, e lutar por algo que realmente melhore nossas vidas.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Quem tem medo do hospital?


Como já sabemos a saúde pública está uma merda, mas em Rondônia os hospitais chegaram em um estado deplorável. O atual governador Confúcio Moura rasgou o verbo no Jornal Nacional e colocou Rondônia novamente na mídia nacional com uma imagem negativa (novidade) , e chegou a declarar estado de calamidade pública.

Mas o que aconteceu depois de 5 meses do novo governo?

PORRA NENHUMA!

O novo governo tomou ações paliativas para tentar amenizar a precariedade do famoso e assustador João Paulo II. Um dos problemas era a falta de leitos para que os pacientes esperassem deitados a sua hora chegar, então o governo solucionou o problema, comprou mais macas para que pacientes não fiquem mais pelo chão e encaminhou pacientes para que aguardem suas cirurgias em casa (nada como morrer próximo aos entes queridos), tentando assim diminuir a superlotação dos corredores, claro que com essas medidas não mudaram muita coisa, pois o João Paulo II ainda continua superlotado.

Outro problema do nosso sistema de saúde é a falta de materiais básicos. Recentemente foi flagrado em um jornal local, alguns pacientes comprando gesso em um farmácia próxima para que pudessem ser engessados, tai uma dica, quer ganhar dinheiro? Vai vender gesso em porta de hospital (seja pioneiro no ramo). A falta de remédios é algo até comum, rotineiro, na verdade pra que remédios? Sem falar da falta de algodão, gases e fios para suturas.

Atualmente em Porto Velho, aproximadamente 600 pessoas esperam por suas cirurgias (onde muitas não serão realizadas), muitas adiadas por falta de medicamentos, equipamentos e médicos. O hospital de Base sofre com a falta de anestesistas, na verdade quem sofre é a população por ser tratados como pedintes na porta dos hospitais. O Dr Rodrigo Almeida de Souza, presidente do sindicato dos médicos do estado de Rondônia SIMERO, publicou uma nota onde desceu a lenha, fazendo varias denúncias contra a Secretaria de Saúde. Segundo o Dr. Rodrigo Almeida de Souza, o governo tenta contratar médicos de outros estados com salários astronômicos que se aproximam de R$100.000,00 (com um salário desse, os caras devem até ressuscitar).





Se voce procurar atendimento na Policlínica Oswaldo Cruz, então prepare a sua barraca ou seu colchonete e acampe na calçada, pois as filas já começam na noite anterior sendo que nem todos serão atendidos, eu já tive essa experiência desagradável. Na verdade sabemos quem são os responsáveis (ou seriam irresponsáveis?) por toda essa situação, mas infelizmente quem paga pela fúria da população, são os enfermeiros e médicos que por muitas vezes dobram seus turnos para poder alcançar um salário desejado e trabalhando sem nenhuma condição para praticar o que demorou tanto pra aprender.

Resumindo,

No Brasil e você não tiver plano de saúde, então você já está meio morto, pois em alguns hospitais você entra com uma unha encravada e sai com uma tuberculose.

Comece a cobrar seus direitos, pq a função do político é essa mesmo

GANHAR O SEU DINHEIRO E TE FUDER!

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Os eternos "bundas peludas"




Com o vocal inconfundível de Giovanni Bruno (gutural extremamente nervoso), riffs com pegadas trash e letras pesadas, a Coveiros representa a cena underground de Porto Velho e mostra como se faz um Hardcore fudido e agressivo (principalmente nas suas rodas de polgos), um verdadeiro tapa na orelha. Sem dúvida nenhuma, suas apresentações inesquecíveis foram na lendária Oficina do Rock do Heavy Ney (demaaaaaaaaais) e em Festivais como: Beradeiros e Casarão. Tive o prazer de assistir uma das primeiras apresentações da Coveiros no antigo puteiro “Opção”, localizado na 7 de setembro.



A Coveiros começou a tocar em uma época em que a maioria das bandas se preocupavam em tocar covers de bandas matadas, como: Nirvana, Raimundos, Iron Maden, etc. Nadando contra a maré,os caras já estavam fazendo suas musicas,motivando assim outras bandas a buscarem também uma identidade própria. Sem dúvida nenhuma, a Coveiros é referencia de bandas de HC de nossa capital.


Tive a oportunidade de conversar com o vocalista e um dos fundadores do projeto Beradeiros Giovanni Bruno, pra saber novidades sobre a Coveiros.

Se liga ai






Fiquei sabendo que a Coveiros está com uma nova formação, quem é o novo integrante?
Estamos com um guitarrista novo, prefiro manter o segredo, no dia do show ele ou melhor ela aparecerá. O resto da banda ainda é a mesma... Del Bunda Peluda, Iuri Bacalhau e Giovanni Modelo internacional.


O que a Coveiros tem de novidade pra mostrar pra galera?
Cara estamos procurando fazer o que sempre gostamos, hardcore com thrash metal. Acho que estamos mais diretos agora... músicas com 1 minuto e já era.

Hoje o movimento mudou muito, principalmente o estilo das bandas, o que você acha do movimento e do som que as bandas fazem hoje em Porto Velho?
Cara eu to achando tudo uma grande bosta, tirando a beradelia que faz um som realmente diferente o resto é resto, das antigas só vejo a merda seca que continua matadora, não exatamente o que causou essa escuridão no rock em PVH, mas que tá chato... isso tá.

O que você acha dos espaços para as bandas se apresentarem hoje?
Acho que está muito foda (no bom sentido) tem a batcaverna tem o iceberg e as praças.. muito melhor que antes, só falta mais banda legais.

Sem duvida nenhuma o Festival Beradeiros faz muita falta pro movimento underground, o que você acha da atitude das bandas atuais?
Cara o beradeiros revolucionou, depois do beradeiros, o casarão mudou, o madeira mudou, a cena mudou... ficou tudo mais underground, as bandas de pancadaria tiveram seu espaço e o merecido reconhecimento. Hoje o casarão faz muito bem o papel de festival independente, talvez o beradeiros devesse reviver para somar e fortalecer a cena, mas me pergunto será que vale a pena? Será que ainda existe uma cena como a de 4 anos atrás? Tão pouco, porém, existe uma imensa diferença, de bandas e de público.

Agora uma pergunta de cunho religioso, você fez algum pacto com o tinhoso?
HAHAHAHAHA cara ele nunca veio assinar o contrato, portanto não temos nada.


O que você faz pra ficar com uma voz tão aveludada na hora das apresentações?
Quando eu era solteiro dizia que eram as secreções vaginais, hoje casado digo que é uma dieta balanceada que tenho com minha nutricionista particular, muito mel, própolis, gengibre, 50 abdominais pela manhã além de frutas vermelhas com leite tipo A.

Quais são suas principais referências musicais?
Phil Anselmo, Max Cavelera e João Gordo... são as principais.

Se você tivesse uma arma com 6 balas no tambor, quem você mandaria pro saco?
O gerente da loja que trabalhei durante minha adolescência (me humilhava aquele porco), mas hoje... deixa eu ver... acho que eu precisaria de uma metralhadora para matar os corruptos de porto velho.

O que você acha do mercado de bandas undergrounds hoje no Brasil?
Acho que não existe mais mercado underground, tudo se tornou mainstream, até hardcore, tudo depende do marketing... ou seja tudo que se criticava hoje se tornou rotina... viva são Paulo, viva rio de janeiro, viva o circuito dentro do eixo.

O que mudou nesses 11 anos de banda que você não gostaria de ter mudado?
Acho que a perda do nosso guitarrista hélio foi um prejuízo imensa a banda, do ponto de vista harmônico, musical enfim... isso eu mudaria, o resto tá de boa.

Giovanni, faça suas considerações finais
Jovens de minha Porto Velho... votem em mim para vereador nas próximas eleições.

Assista os caras destruindo no Festival Beradeiros 2006





video





SALVE A SUA ALMA



deus... é deus de amor
deus... é o salvador
deus... é o senhor
deus... merece louvor

alguém já me falou
alguém vai me dizer

deus... é uma invenção
deus... sinal de opressão
deus... me salvar de que?
deus... vai se fuder!

respeite minha opinião
não me peça pra lhe seguir

igreja universal, igreja da graça de deus
divulgando seus ideais, para o proveito de quem?
batista, igreja da paz,
católica, evangélica tanto faz
alienados são todos iguais
fé ilusão nada mais.











DESGRAÇAAAAAAAAAAAAAA!!!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

A TV e suas mentiras


O que é confiável hoje na TV brasileira?

No dia 28/06/11 o jornalismo da Rede Record mostrou como as fontes de suas noticias são confiáveis, em rede nacional anunciou a morte da bichona Amin Khader, humorista da própria Rede Record, confesso que fiquei muito triste quando foi anunciado que tudo não passava de uma mentira, porque noticia boa sempre vem acompanhada de uma noticia ruim, mas o que eu achei mais impressionante é que ninguém nem tentou ligar para o desgraçado ou pra alguém da família. O desespero por um furo de reportagem faz com que um jornalista busque informações do twitter, isso mostra que qualquer um pode implantar uma informação em um site de relacionamento e que se torne noticia na segunda maior emissora do país.

Com base nesse acontecimento bizarro, eu me pergunto:

Quantas pessoas inocentes foram presas por causa desse tipo de jornalismo?

Quantos bandidos ficaram soltos por mentiras forjadas pela mídia televisiva?

Quantos presidentes, senadores, governadores, deputados e prefeitos foram eleitos pela manipulação dessa mídia?

Com toda certeza, VARIOS!


Não podemos esquecer das eleições a presidência de 1989 quando o ex presidente Fernando Collor de Melo, acusou o PT, partido do candidato Luis Inácio Lula-la da Silva, de participar do seqüestro do empresário Abílio Diniz. O PRN, partido de Fernadinho viadinho, tinha total apoio de nada mais e nada menos que Roberto Marinho, dono da Rede Globulo de Tevelisão, daí todo mundo sabe o que aconteceu. Isso mostra o quanto a mídia manipuladora pode mudar nossas vidas, nesse caso pra pior porque não podemos esquecer do que aconteceu com nossas poupanças, e também que as emissoras de TV só mostram o que lhe interessam ou o que dá lucro.
Falando em Rede Globo de Alienação, uma das maiores mentiras televisivas é o Big Babaquice Brasil. Tem gente que acredita que aquilo tudo é verdade, mas a única verdade do BBB é que a Globo fica cada vez mais rica.

Vamos fazer um cálculo rápido.
A Globo ganha perto de R$ 0,30 por cada ligação feita nas eliminações do programa.
A media de ligações por eliminações é de 20.000.000 ( vinte milhões) de pessoas
Em um único paredão, a Globo ganha entorno de R$ 6.000.000,00.

Agora você entende pq essa merda não acaba mais?

Mas é assim mesmo, pra alguém ficar milionário, alguém tem que ficar mais pobre. Então presta atenção no que você assiste e tenha certeza que as grandes emissoras de TV estão pouco se fudendo pra você.

Vai ler um livro que você ganha muito mais.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Corrupção, orgulho nacional


O que você entende por corrupção?

É quando alguém surrupia dinheiro público?
É quando um político abusa de seus “super poderes” de imunidade parlamentar?
É quando funcionários públicos contratam seus parentes preguiçosos para ocupar cargos de confiança?

NÃO SEU BOCOIÓ!

A corrupção é o simples ato de se corromper um sistema. Na época que foi desmascarado o mensalão em Brasília, foi feito uma pesquisa em nível nacional e foi descoberto que 99,99% da população de nosso país são contra a corrupção, mas 75% dessas pessoas entrevistadas são pessoas corruptíveis, pessoas que não praticam a corrupção por falta de oportunidade. Alguns acreditam que não praticam a bendita corrupção ou pelo menos tentam justificar (acreditam ser menos feio), mas o simples ato de furar uma fila, comprar um DVD pirata (baixar filme na net é a mesma merda), receber troco a mais e ficar calado, passar em sinal vermelho são atos corruptos.


Pensamento de um babaca que justifica seus atos corruptos
“Mas não tem como comparar eu furar uma fila com a propina paga para os deputados de R$ 50.000,00 por mês no esquema do mensalão”

Pensamento de um deputado beneficiado com o mensalão
“Mas eu só estava ganhando R$ 50.000,00 por mês, enquanto tem deputado por ai que está tirando R$ 500.000,00 por mês”

Você viu alguma diferença? Eu não vi nenhuma.

Devemos combater a corrupção na raiz, com quem nos ensinam a sermos corruptos, quero dizer, espertos. Você já ouviu a seguintes frases?

“faça o que digo, mas não faça o que eu faço”
“se apanhar na rua, vai apanhar em casa”

Não posso reclamar de meus pais, pois foram eles que me preparam para viver nesse mundo tão acolhedor e fraterno, onde a coletividade e o amor ao próximo prevalecem. Não posso culpá-los, se meu ídolo se chamava Sergio malandro que me ensinava, aos 5 anos de idade, como ser “malandro” (glu glu yeah yeah) e me presenteava com as aventuras do Pica Pau, um passarinho adorável que apenas fazia o bem as pessoas, também não posso esquecer do meu favorito “Didi Moco Sorrisal Colesterol”, onde sua maior diversão era passar a perna em seus amigos (e continua me ensinando ate hoje).

Hoje sabemos que não vivemos sem a bendita corrupção, pois ela é o orgulho nacional, o famoso jeitinho brasileiro, é essa malandragem que nos prepara para encarar a malandragem do dia a dia, mas ela é ruim quando não nos beneficiamos da dita cuja :(

O que diferencia os nossos políticos de 75% da população brasileira? Apenas a falta de oportunidade, mas que o Brasil é um país que não dá oportunidades a todos, isso a gente já sabia.

E você é corrupto, hipócrita ou justifica suas atitudes?